MATÉRIAS | INFOROCHAS

Empresários buscam apoio do Simagran-BA


Para superar obstáculos e realizar investimentos no Sudoeste do Estado

Com o objetivo de ouvir demandas e identificar os principais gargalos existentes para a indústria de rochas ornamentais, com foco em novos investimentos para a região Sudoeste da Bahia, o Simagran-BA promoveu, no último dia 28, um encontro com empresários do segmento e representantes da Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS) e da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB). 

O encontro atendeu a uma demanda das empresas feita ao Simagran-BA. em uma tentativa de superar obstáculos relacionados à liberação das licenças ambientais junto aos órgãos competentes, tanto nas esferas estadual (INEMA) quanto municipais (prefeituras). A  necessidade de se ter celeridade nos processos da Agência Nacional de Mineração também foi discutida. 

Estiveram presentes também representantes do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Território Bacia do Paramirim, representado pelo seu presidente, Roberval Meira, que é prefeito da cidade de Dom Basílio-BA, e pelo secretário executivo do município, Leonardo Santos. Participou ainda a Associação Noroeste dos Produtores de Rochas Ornamentais (ANPO), uma das pioneiras na criação de consórcio específico do setor, representada por Mario Imbroisi.

Foto: Divulgação




FALE COM A REVISTA ROCHAS


Revista Rochas de Qualidade

EMC Editores Associados Ltda

Rua Aleixo Netto, 322 - Sala 703

Santa Lúcia, Vitória - Espírito Santo

CEP: 29056-100

Telefone: +55 27 3227 2772

 



Todos os direitos reservados a Revista Rochas | 2017

Conceitos e declarações emitidos por entrevistados e colaboradores não refletem, necessariamente, a opinião desta revista e de seus editores. “Rochas de Qualidade” não se responsabiliza pelos conteúdos de anúncios e informes publicitários. Nenhuma parte desta publicação pode ser em qualquer forma sem a expressa autorização da EMC-Editores Associados Ltda. Todos os direitos são reservados. Registrada no INPI e matriculada de acordo com a Lei de Imprensa. Não publica matérias redacionais pagas.