MATÉRIAS | INFOROCHAS

Workshop aponta caminhos para as empresas entrarem na era da Indústria 4.0


A Indústria 4.0 é o caminho natural para a inserção das empresas no mercado mundial

O conceito de Indústria 4.0 está ganhando espaço no Brasil, mas nos Estados Unidos e em alguns países da Europa já é uma realidade concreta. Nos dias 22 e 23 de maio último, empresários do setor de rochas ornamentais participaram do Workshop Indústria 4.0 realizado pelo Sindirochas, Cetemag e Centrorochas, em Vitória e Cachoeiro de Itapemirim, respectivamente.

Nos dois dias, o evento, que aconteceu com o intuito de desmistificar o tema para o segmento de rochas ornamentais, reuniu cerca de 150 pessoas. Segundo o presidente do Sindirochas, Tales Machado, a Indústria 4.0 é o caminho natural para a inserção das empresas no mercado mundial. “A sobrevivência como indústria depende disso, as empresas devem ser mais competitivas e também inovadoras, por isso a importância de uma qualificação como esta", destaca.

As palestras foram conduzidas por profissionais com longa experiência na área industrial e que estão orientando e implementando ações voltadas para a Indústria 4.0 em diferentes empresas no Brasil.

O evento foi uma realização do Sindirochas, Cetemag e Centrorochas e contou com apoio da Findes, Sebrae, Sicoob Credirochas, Lubril Lubrificantes e Cescontab Contabilidade.

 




FALE COM A REVISTA ROCHAS


Revista Rochas de Qualidade

EMC Editores Associados Ltda

Rua Aleixo Netto, 322 - Sala 703

Santa Lúcia, Vitória - Espírito Santo

CEP: 29056-100

Telefone: +55 27 3227 2772

 



Todos os direitos reservados a Revista Rochas | 2017

Conceitos e declarações emitidos por entrevistados e colaboradores não refletem, necessariamente, a opinião desta revista e de seus editores. “Rochas de Qualidade” não se responsabiliza pelos conteúdos de anúncios e informes publicitários. Nenhuma parte desta publicação pode ser em qualquer forma sem a expressa autorização da EMC-Editores Associados Ltda. Todos os direitos são reservados. Registrada no INPI e matriculada de acordo com a Lei de Imprensa. Não publica matérias redacionais pagas.