MATÉRIAS | INFOROCHAS

O X SRONE acontecerá em novembro em Fortaleza, no Ceará


O evento acontecerá juntamente com a Fortaleza Brazil Stone Fair

O X Simpósio de Rochas Ornamentais do Nordeste (SRONE) acontecerá entre os dias 5 e 7 de novembro em Fortaleza, no Ceará, completando mais de duas décadas de trabalho, desde a primeira versão realizada em 1998 em Olinda, Pernambuco. O evento acontecerá juntamente com a Fortaleza Brazil Stone Fair, no Centro de Convenções de Fortaleza.

A última edição do SRONE foi realizada em João Pessoa, na Paraíba, em 2016, em conjunto com o Simpósio de Minerais do Nordeste (IV SIMIN) e a ExpoROMINN, que integraram as atividades comemorativas dos 38 anos do Cetem e dos 40 anos de criação do curso de Engenharia de Minas, da UFCG.

Notoriamente,  observa‐se  uma  evolução  qualitativa  e  quantitativa  dos  trabalhos  técnicos  científicos  apresentados  nos  últimos  eventos. Além disso, o SRONE já ocupa uma  posição  de  destaque  no  cenário  nacional  como o evento  técnico‐científico regional,  no  âmbito  de  PD&I em  áreas  correlatas  aos  segmentos  de  mármores, granitos, quartzitos e rochas afins para usos ornamental e de revestimento.

Pode-se observar também uma tendência de crescimento constante e amadurecimento nas áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação relacionadas ao setor de rochas ornamentais. A título de destaque, temos a formação da rede de pesquisa RETEQ-ROCHAS, criada em 1999, que fortaleceu a aproximação do meio empresarial para estudos de pesquisa.

Para atender o público alvo do SRONE com a Fortaleza Brazil Stone Fair, formada por arquitetos, designers, engenheiros, pesquisadores, estudantes, empresários, entre outros, serão promovidas palestras, sessões técnicas e mesas redondas, com a participação de especialistas brasileiros e estrangeiros; e workshops de empresas expositoras.

As chamadas de trabalhos estão divididas em três temas: Arquitetura, Tecnologia e Sustentabilidade. Na área de arquitetura, destaca-se o uso contemporâneo das rocha ornamentais, caracterização tecnológica, métodos de ensaio e normalização; forma de alteração, conservação e restauro; rochas aglomeradas artificiais, critérios para especificação e projetos arquitetônicos; arquitetura sustentável, entre outros.

No âmbito da tecnologia, serão contemplados trabalhos de pesquisa geológica, lavra e beneficiamento; industria 4.0, robótica, produtos inteligentes, modelos inovadores de negócios e automação, entre outros. Na temática de sustentabilidade, teremos desafios técnicos, científicos e econômicos da indústria de rochas ornamentais; ciclo de vida da cadeia do setor de rochas ornamentais, gestão e aproveitamento de resíduos e efluentes; saúde, segurança e responsabilidade social; produção local e comercio global; entre outros.

Outras informações podem ser obtidas pelo site www.cetem.gov.br ou pelos telefones (28) 3511-8937 e (28) 99953-5195.

Foto: Abertura do IX SRONE&VI SIMIN, em 2016. Da esquerda à direita: Eduardo Jorge Bonates (UFCG); Reinaldo Sampaio (presidente da ABIROCHAS); Fernando Lins (diretor do Cetem); Carlos Nogueira Jr. (secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do MME, à época); Risale Neves (UFPE); Marcelo S. Falcão (governo do Estado da Paraíba) e Francisco W. Hollanda Vidal (organizador dos eventos, Cetem/MCTIC).

 

 

 




FALE COM A REVISTA ROCHAS


Revista Rochas de Qualidade

EMC Editores Associados Ltda

Rua Aleixo Netto, 322 - Sala 703

Santa Lúcia, Vitória - Espírito Santo

CEP: 29056-100

Telefone: +55 27 3227 2772

 



Todos os direitos reservados a Revista Rochas | 2017

Conceitos e declarações emitidos por entrevistados e colaboradores não refletem, necessariamente, a opinião desta revista e de seus editores. “Rochas de Qualidade” não se responsabiliza pelos conteúdos de anúncios e informes publicitários. Nenhuma parte desta publicação pode ser em qualquer forma sem a expressa autorização da EMC-Editores Associados Ltda. Todos os direitos são reservados. Registrada no INPI e matriculada de acordo com a Lei de Imprensa. Não publica matérias redacionais pagas.